“Pão por Deus!!”

“Em Portugal no dia 1 de Novembro, Dia de Todos-os-Santos, as crianças saem à rua e juntam-se em pequenos bandos para pedir o Pão-por-Deus (ou o bolinho) de porta em porta. O dia de pão-por-deus, ou dia de todos os fieis defuntos, era o dia em que se repartia muito pão cozido pelos pobres.” – Wikipédia O Ler mais…

Batizado Baby Signs

Decidimos batizar o nosso piolhito! Dessa decisão advém uma série de escolhas a fazer: padrinhos, data, roupa, convite, tema para as mesas, animação,… A escolha da madrinha foi super rápida e a do padrinho também não foi difícil. A data escolhemos o mais próximo da data do batizado do irmão Ler mais…

Primeira frase

Primeira frase do D. foi com 15 meses. Primeira frase “mix” (palavra + gesto). Sou muito atenta em certas ocasiões, mas muito distraída noutras. Ao recordar-me de um episódio passado uns dias antes, reparei que o D. tinha dito a sua primeira frase! Julgo eu, se não me passou ao Ler mais…

Fim-de-semana para que serve?

Fim-de-semana o que significa para vocês?   Dormir até mais tarde? Tomar o pequeno-almoço com tempo? Limpar a casa? Sair à noite?   Para mim, significa ter mais oportunidade para passar tempo de qualidade com os meus filhos. Ah e quem trabalha ao fim-de-semana? O tempo bem passado não se Ler mais…

Por admin, Há

Dia de nuvem negra

Uma colega de trabalho perguntou como correu a folga e a resposta foi de todo inesperada: –“Ontem devia ter uma nuvem negra por cima de mim!” Quem me conhece, sabe que sou uma pessoa positiva e raramente me vêem chateada, mas realmente o dia anterior não tinha corrido nada bem. Ler mais…

“Quando vais morrer mãe?”

Esta manhã, enquanto tomávamos o pequeno-almoço surgiu esta pergunta: – “Quando vais morrer mãe?” Simplesmente respondi que não sabia, que ninguém sabe. Acrescentei que é por isso que as mães ensinam o mais que podem para que os filhos saibam fazer as coisas quando as mães não estiverem cá. E Ler mais…

Adeus Natal!!!

Tantos anseiam o Natal e tão depressa passa… já acabou! Sou só eu que tenho essa sensação? Que o Natal passa depressa demais para a azáfama que o envolve. E porque comemoram o Natal? Até ter filhos nunca me questionei sobre isso (pelo menos que me lembre). Mas há uns Ler mais…