Consulta marcada para o mais velho  + mãe em casa  = tarde de mimo

Aproveitando o facto do pimpolho maior ter consulta marcada para as 12:30, planeei uma tarde diferente.

Uma tarde em que o filhote teve a mãe em exclusivo para ele, o que ultimamente é raro visto agora haver maninho.

O planeado foi: almoço no shopping e ida ao cinema (a 2ª parte era surpresa). 🙂

Fomos ao fast-food (dias não são dias) e como estava calor não pedi a sopa em substituição da batata de um dos menus.

Não começou bem! As batatas estavam salgadas…não exageradamente salgadas, mas o suficiente para a criança não as querer comer.

Antes de ir buscar sobremesas, fomos comprar os bilhetes de cinema. Afinal a sessão do filme não era às 15h, mas sim às 15:45, quase uma hora depois.. Se fosse no parque com uma bola era tranquilo, mas nada que não se dê a volta.

Fomos comer as sobremesas para a rua, para a esplanada. Ele gosta tanto de ali comer. E verdade se diga, que bem que se estava ali.

Terminadas as sobremesas, aproveitei para ir ver calças para o filhote. Está a crescer depressa e as que tem estão a “encolher”. 🙂

Demos a voltinha às lojas e ainda tínhamos bastante tempo de espera.   Então voltámos à esplanada e toca a improvisar.

Não havia bola, mas havia algo parecido – o brinde do Happy Meal. Frente a frente jogámos à “batata quente”.

“Batata quente, que está muito quente…  1,2,3,4,5,6,7,8,9,10! Pum! ” 

E quando demos por ela, estava quase na hora do cinema e lá fomos nós. Boa!

A meio do filme começa o pimpolho a dizer que não estava a gostar. Era uma parte triste…

“Todos os filmes costumam ter uma parte triste filho, a seguir vem a parte gira e engraçada.”

Um pouco depois repetiu. Perguntei-lhe se queria ir embora para descansar, pois parecia que estava com sono e a resposta foi afirmativa.

E fomos. Tínhamos mesmo que sair, pois assim que saímos da sala, queixou-se que lhe doía a testa (a cabeça). Ou seja, já estava a esforçar-se para não adormecer.

Não foi bem o que planeei, mas de qualquer das formas foi uma tarde em exclusivo para o filho mais velho.

E quando temos mais que um filho, o amor multiplica-se, mas temos que ter momentos para miminhos extra.

Tenham um bom dia!

Eliane Félix

Categorias: Infância

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.