Para muitos pais e bebés a hora da refeição é um GRANDE desafio!

Cada criança é única, sobretudo nos desafios que nos apresenta e as dicas que vou deixar podem funcionar melhor com uns do que com outros. Pode ainda acontecer com determinado bebé bastar aplicar uma dica e com outro ser necessário um conjunto delas.

Como na maioria do percurso da maternidade/paternidade, há que usar a tática da tentativa-erro. 🙂

As principais dicas que deixo para melhorar este momento do dia são as seguintes:

  • Colocar pouca comida no prato

Especialmente para as crianças que não são muito fãs de comida ou de determinado alimento, não é de todo boa ideia colocar uma porção grande no prato.

Só de olhar para a refeição vai logo rejeitar.

É preferível colocar uma quantidade reduzida e, se correr bem, colocar um pouco mais posteriormente.

Assim teremos a hipótese de argumentar que “é só um bocadinho”.

  • Brincar ao faz de conta

Para convencer os filhotes a fazer algo que não lhes é muito apetecível, há que usar a criatividade e a hora da refeição não é exceção.

Muitos brincam ao “aviãozinho” com a colher, outros dizem que as ervilhas ou qualquer outro alimento são as vitaminas ou que vão provocar risos e fazem cóceguinhas.

Além do mais vulgar meio de transporte que se transforma a colher: o avião, também se pode transformar numa mota, num camião, num comboio,… Aproveitem para ir de acordo com os interesses da criança ou aproveitem a deixa da profissão do pai ou da mãe, quando se aplica.

Também podes juntar à mesa um boneco que o bebé goste e jogar ao “passa a vez”: ora come o boneco ora come o bebé.

  • Escolher ou inventar uma canção alusiva ao tema

Em vez de transformar a hora da refeição num momento de stress, tenta transformar num momento divertido! Por regra, as canções são boas aliadas.

Procura uma que se adapte à ocasião ou usa a criatividade e inventa uma.

Podes ainda fazer adições à canção: uma coreografia, um boneco ou animal que “dança e canta” e/ou gestos Baby Signs.

  • Explica a consequência lógica natural

Ou seja, explica que se não comer vai ter fome. Podes preferir dizer ou acrescentar que se não comer não vai ter energia para brincar.

Adequa a conversa à tua criança.

  • Reforça a tua mensagem e dá hipótese ao teu bebé de se expressar com Baby Signs®

Com a utilização do Programa Baby Signs® a tua mensagem vai ser reforçada, pois vai ser mais apelativa e cativante.

Ao aplicares o Programa com o teu bebé, dás-lhe oportunidade de comunicar sobre o seu desejo e sobre as suas preferências mesmo antes dele conseguir verbalizar.

Aproveito para vos deixar de oferta dois gestos muito usados pelos bebés Baby Signs:

  • Dar hipótese de escolha

Sempre que possível, dá hipótese de escolha ao teu bebé.

“Queres maçã ou banana hoje?” – por exemplo.

Além de pudermos evitar conflitos simplesmente alterando um alimento, até porque naquele dia em específico pode não apetecer algo que tínhamos planeado, o bebé vai sentir-se mais confiante por ser ouvido e ter direito à escolha.

  • Elogia

Sempre que houver uma conquista na hora da refeição, por mais pequena que seja, ELOGIA!

Imagina… Hoje comeu um pedaço de cenoura? Ótimo! “Boa! Comeste a cenoura. Já vais ficar um bocado mais forte.”

E aos poucos vais conseguindo, aumentar a quantidade ou a variedade.

REGRA DE OURO: Mais vale comer pouco e de forma tranquila. “Don’t stress.”

ATENÇÃO!!! 

Sensorialmente, a criança pode ser hipersensível ao tato e determinada textura pode ser impensável para ela, pelo menos inicialmente. Pode eventualmente trabalhar-se gradualmente esse aspeto.

A criança pode ser intolerante/ alérgica a algum alimento, Está atento!

Também pode haver alguma dificuldade oro-facial e aí uma terapeuta da fala pode ser uma ótima ajuda.

Com isto, quero avisar que se já tentaste de tudo e a hora da refeição continua a ser um tormento, pede ajuda profissional nem que seja para fazer um rastreio. Pode não ser nada que precise dessa ajuda profissional, mas se for quanto mais cedo chegar essa ajuda, melhor.

Tem um bom dia!

Eliane Félix

Instrutora Certificada Baby Signs


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.